quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Willow Shields fala com a Cosmopolitan sobre o destino de Prim, Jennifer Lawrence e mais

A actriz Willow Shields, conversou com a Cosmopolitan sobre o seu trabalho ao lado de Jennifer Lawrence, sendo uma fã de Lorde e o destino da sua personagem, Primrose Everdeen entre muitas outras coisas.



Confere os pontos altos da entrevista abaixo:

Tu certamente ganhas uma grande noção da relação de Katniss Everdeen e Primrose.
Honestamente, essa é a minha parte favorita da minha personagem, a relação entre ela e a Katniss. Porque durante todos os filmes, é a única relação de amor, verdadeira e genuína. Em outras relações tu não tens a certeza disso, e a Katniss também não, mas ela está sempre certa do amor que tem pela Prim.



A Jennifer Lawrence é como uma irmã para ti?
Sim, definitivamente! Ao longo do meu crescimento, ela tornou-se mesmo uma amiga verdadeira para mim; uma boa amiga e mentora. Crescer perto dela tem sido mesmo divertido.







Há uma cena bastante intensa durante um ataque aéreo que se centra na Prim e na Katniss. Como foi gravá-la?
Eu não estou habituada a ter qualquer ação com a Prim. Então, para mim foi muito divertido! Foi um óptimo treino porque eu estava a carregar um gato de 20 quilos enquanto descia as escadas, encharcada. Novo plano de treino!

E o gato a actuar naquela cena é inacreditável! Como é que ele é?
Orion! Ele é um gato bastante doce, e eu e a Jen adoramos tê-lo à nossa volta. Ele foi tão calmo e doce e bem treinado. Eu não sabia que podias treinar um gato, mas eu acho que é verdade. Foi divertido, um actor diferente para trabalhar.

Com quem ficas no debate entre Equipa Peeta e Equipa Gale?
Eu sou da Equipa Katniss! Estás a gozar comigo? [risos] Poder feminino! Sim, eu lembro-me quando apareci com essa frase, tinha tipo, uns 10 anos. Quando eu tinha 10 anos, eu li os livros - e eu não estava a pensar necessariamente nas relação insólitas com o Peeta e o Gale dela, mas eu estava a pensar no amor seguro pela Prim e pela sua família e na sua luta, e eu adoro como a história, para mim, é sobre uma rapariga que está a tentar erguer e salvar muitas pessoas. Ela é uma lutadora. Então, por isso mesmo, eu sou da Equipa Katniss, definitivamente!


Ela é assustadora contigo por causa da fama dela?
Não, porque ela não age como se tivesse todo este nível de fama. Para mim, ela age como qualquer outra rapariga da idade dela, mas com muita responsabilidade. Ela leva tudo na desportiva, ela manipula-se lindamente, e ela é tão engraçada e com os pés bem acentes na terra. É sempre louco, até mesmo para mim, ouvir o nome dela, "Jennifer Lawrence". Tornou-se uma coisa enorme, apenas o nome dela. Para mim, ela é a Jen. Ela é totalmente normal, divertida e louca. Então eu acho que não me intimida por causa disso.

[AVISO SPOILER PARA QUEM NÃO LEU O ÚLTIMO LIVRO DA SAGA]

Na parte II, Prim vai fazer coisas diferentes, e há uma bastante importante em que o ponto de atenção gira em torno dela... A tua personagem morre. Como foi ler isso no roteiro e no livro?
Bem, quando eu li isso, foi - I quero dizer, obviamente é partir o coração. Para toda a gente, ler isso, é de partir o coração, mas eu dei tantos elogios a [autora] Suzanne Collins, e eu quase o apreciei, porque eu acho que o que ela estava a tentar mostrar por escrito, foi a forma brutal como o seu mundo é e o quão terrível é e como ninguém no Capitólio tem qualquer coração. é apenas trazer ao de cima essas características, e eu adoro isso em "A Revolta" - é começar a trazer ao de cima porque é que isto está a acontecer e porque é que a guerra precisa de acontecer por um lado, portanto eu acho que isso foi muito importante. Mas sim, foi muito comovente, obviamente, para todos os leitores também. Mas eu acho que ela provou alguma coisa, e isso foi fantástico.

Há uma pequena controvérsia sobre como a morte de Prim é tratada no livro: Não é uma grande cena. Isso é abordado de forma diferente no filme?
Bem, a maneira como o fizemos, nós estávamos sempre a querer mantê-la o mais próxima do livro quando possível, de modo que esse era o plano. Eu estou ansiosa para as pessoas verem; é uma cena maravilhosa. Nós tentámos mantê-lo o mais próximo com o livro, como possivelmente nós fizemos.

Traduzido por: #Katniss Wildfire

Lê a entrevista na íntegra (sem tradução) em Cosmopolitan.